Pousada do Rio - Preto - SEM FUNDO.png
BARREIRINHAS 

Barreirinhas é um município do estado do Maranhão, no Brasil. O município é conhecido por ser a "porta de entrada" da região turística conhecida como Lençóis Maranhenses, que consiste em uma vasta área de altas dunas de areias brancas e de lagos e lagoas, também conhecido como "Deserto Brasileiro".

Vans e micro ônibus executivos saem diariamente às 5:00 e 7:00 horas da manhã.
Este transfer deve ser agendado, para que o transporte passe no local onde você estiver hospedado em São Luís.


De carro próprio, partindo de São Luís pelas Rodovias BR 135 até a Bacabeira e de lá passando por Rosário pela Rodovia MA 110 até Morros. De Morros siga pela BR 402 (Translitorânea) até chegar em Barreirinhas.

Ônibus partem diariamente do Terminal Rodoviário de São Luís.

De avião bimotor e monomotor, a partir de São Luís, chega-se a Barreirinhas em 50 minutos, em média. A vantagem desse meio de transporte é poder apreciar as belíssimas paisagens aéreas dos Lençóis. Este transfer também deve ser agendado previamente.

DESERTO.jpg
A NOSSA REGIÃO - ABELHA NATIVA
PROGRAMA NACIONAL ABELHAS NATIVAS

São pessoas inescrupulosas ou sem perspectiva de sobrevivência que destroem os ninhos naturais para extrair e comercializar o mel, que em algumas regiões é um bem caro, de valor medicinal e/ou cultural.

Várias comunidades tradicionais praticam a arte de cultura dessas abelhas, e as mesmas vem sendo prejudicadas pelo comercio ilegal desse tipo de mel, que geralmente acaba sendo falsificado, adulterado ou extraído sem as mínimas condições de higiene.

Aliado a esta prática nefasta o governo brasileiro em suas várias instâncias federal, estaduais e municipais vêm pouco contribuindo pela valorização do comercio justo desse tipo de mel. Ao contrario, contaminado pelo valor comercial do mel das abelhas maliferas, as africanizadas, espécie exótica que foi originalmente introduzida no século XIX no Brasil, tenta-se impor um padrão de mel completamente diferente do mel das abelhas nativas, maquiando o produto para ter cara de exportação.

ABELHA.jpg

Isto tem comprometido o real valor do mel das abelhas indígenas, prejudicando milhares de famílias que vivem da agricultura familiar e que cuidam dessas espécies nativas, que de outra forma estariam ameaçadas de extinção.

Não compre mel de Tiúba que não tenho identificação do produtor, procedência e data de validade. O seu preço é a diferença entre salvar ou destruir o futuro de nossos filhos. Ajude aqueles que acreditam que a sustentabilidade é possível. Só compre natmel legal da agricultura familiar.

Novos Desafios Locais - O Programa Nacional Abelhas Nativas é um programa de longo prazo voltado para conservação das abelhas nativas sem ferrão por meio do desenvolvimento socioambiental de comunidades rurais e semi-rurais.

As abelhas nativas sem ferrão, também chamadas de abelhas indígenas, têm um papel muito importante na cultura dos povos tradicionais, pois o seu mel é considerado medicinal e, em alguns grupos indígenas latino-americanos elas fazem parte de rituais de iniciação.

Sua principal importância esta no fato delas serem importantes polinizadoras da flora regional, inclusive na manutenção da integridade genética de plantas de uso tradicional na nossa culinária.

Infelizmente, devido a expansão do comercio da abelha melífera de origem européia e africana, as abelhas indígenas vem perdendo espaço na nossa cultura e nos processos usuais de manutenção do equilíbrio de nossos ecossistemas.

ABELHA 2.jpg

O Programa Nacional Abelhas Nativas procura aproximar as comunidades, tanto rurais como urbanas, dessas abelhas, por meio de estratégias de inserção no mercado consumidor de seus produtos, como o mel e o pólen, que são bastante diferenciados.

Assim, produtos beneficiados vem surgindo garantindo às comunidades produtoras fontes complementares de renda. Além da linha cosméticas, com a fabricação de sabonetes e shampoos, alinha alimentícia tem obtido destaque com a produção de mel e pólen de padrão gourmet.

ARTESANATOS - PROCESSO DE PRODUÇÃO E PRODUTOS FINALIZADOS
ABELHA 3.jpg
ABELHA 4.jpg
ABELHA 5.jpg
ABELHA.jpg
ABELHA 2.jpg
ABELHA 7.jpg
ABELHA 6.jpg