Pousada do Rio - Preto - SEM FUNDO.png
PARQUE NACIONAL DOS LENÇÓIS MARANHENSES

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (PNLM) foi criado em junho de 1981. Sua área é de 155 mil hectares, dos quais 90 mil são constituídos de dunas livres e lagoas interdunares, e abrange três municípios maranhenses: Barreirinhas, Santo Amaro e Primeira Cruz.

O Parque está inserido em uma zona de transição dos biomas Cerrado, Caatinga e Amazônia e é composto de áreas de restinga, campos de dunas livres e costa oceânica. A unidade apresenta grande beleza cênica, sendo visitada o ano inteiro por turistas de todo o mundo. 

Matéria extraída de: https://www.icmbio.gov.br/parnalencoismaranhenses/

IMG_2396_edited.jpg
COMO CHEGAR

Os aeroportos com vôos comerciais mais próximos são os de São Luiz/MA (SLZ) e Parnaíba/PI (PHB).

As principais cidades que dão acesso ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses são Barreirinhas e Santo Amaro do Maranhão, mas há acesso também por Humberto de Campos e Primeira Cruz.

Barreirinhas – O principal acesso é pela rodovia MA-402, com asfalto em boas condições de tráfego. A cidade possui estrutura para hospedagem, alimentação e várias agências de turismo que proporcionam passeios para o Parque Nacional e outros atrativos, como o passeio de lancha para a foz do Rio Preguiças e o boia-cross no rio Formiga.

Para aqueles que buscam mais aventura, outra rota de acesso é via Paulino Neves/MA. Esse trecho faz parte da Rota das Emoções, roteiro turístico que tem início no Maranhão, cruza o litoral Piauiense e termina no Ceará, ou vice-versa. Nessa rota é possível visitar 3 unidades de conservação federais: Parque Nacional de Jericoacoara, Área de Proteção Ambiental do Delta do Parnaíba e o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.


O acesso ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses a partir de Barreirinhas começa com a travessia do rio Preguiças de balsa. Daí em diante apenas veículos licenciados, com tração 4x4 equipados com snorkell seguem viagem.


O QUE FAZER
  • Recreação na água, nadar;

  • Contemplação de lagoas e dunas;

  • Caminhadas/Trekking

  • Observação de fauna e flora

  • Esportes náuticos

  • Passeios de bicicleta

ATRATIVOS

Em Barreirinhas:

• Circuito da lagoa Azul - Trata-se do atrativo mais visitado da Unidade de Conservação. Após 12 Km de trilhas na restinga, o passeio segue pelo campo de dunas em uma trilha de aproximadamente 02 km. Ao longo do trajeto o visitante poderá visitar a lagoa da Preguiça, lagoa da Esmeralda, lagoa Azul e a lagoa do Peixe, a única perene e que se mantém com água ao longo de todo o ano. Este atrativo é o único onde há permissão para acesso em veículo tracionado até os limites da lagoa da Preguiça, mas apenas para visitantes com dificuldade de locomoção e mediante comunicação e obtenção de autorização junto à administração do Parque Nacional.


• Circuito da lagoa Bonita - Localizada a 15km de Barreirinhas, o atrativo apresenta grau médio de dificuldade de acesso, pois é necessário subir uma duna íngreme de cerca de 30 metros de altura. Há uma corda para auxiliar a subida. Mas o esforço é recompensado com a bela vista que se tem tanto do campo de dunas como da vegetação de restinga do Parque Nacional. Após a subida o visitante percorre algumas centenas de metros até a lagoa Bonita. Neste atrativo é possível visitar também a lagoa do Clone, batizada com este nome pois foi onde foram gravadas cenas da novela 'O Clone' da Rede Globo.


• Lagoa da esperança - Trata-se da interrupção do curso do Rio Negro provocado pelo encontro com o campo de dunas. Desta forma esta lagoa é perene e não se situa dentro do campo de dunas, mas sim na borda do mesmo. Desta forma é possível também percorrer o campo de dunas. Por ser perene esta lagoa é ideal para ser visitada durante os meses de estiagem, quando as lagoas dos outros atrativos estão secas. A lagoa da esperança faz o limite geográfico dos municípios de Barreirinhas e Santo Amaro.

• O rio Preguiças é um curso d'água localizado no estado do Maranhão, no complexo dos Lençóis Maranhenses.

Nasce no município de Santana do Maranhão, numa altitude de cerca de 120 metros, e percorre quase 135 km de extensão até chegar à sua foz, no Oceano Atlântico no município de Barreirinhas.

•  Atins é um vilarejo de pescadores do município de Barreirinhas, no estado do Maranhão, na região nordeste do Brasil. Se localiza na foz do rio Preguiças onde se encontra com o Oceano Atlântico. A vila é rodeada praias, dunas e lagoas de águas cristalinas que se formam durante o período chuvoso. É considerado a porta de entrada do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

•  Flutuação no Rio Formiga. O povoado da Cardosa atrai os turistas que desejam relaxar flutuando no Rio Formiga. O passeio está entre os mais calmos e tranquilos de Barreirinhas e é ideal para quem está cansado do sobe e desce nas dunas. É uma experiência diferente e vale a pena especialmente para quem curte banho de rio. O passeio acontece ao longo do Rio Formiga, onde os turistas usam boias para descerem na correnteza sem fazer muito esforço. Basta flutuar e se deixar levar pela água. Igualzinho ao rio que existe nos parques aquáticos, com a diferença de ser integralmente na natureza.

•  Os Lençóis Maranhenses são espetaculares, mas se tem um jeito de vê-los ainda mais belos é em um sobrevoo. A partir do Aeroporto de Barreirinhas, é possível fazer voos de trinta minutos para ver do alto essa paisagem única no mundo. Só em um avião para ter noção da magnitude dos Lençóis Maranhenses. O sobrevoo acontece em aeronaves de pequeno porte, que permitem um voo mais lento e contemplativo. As grandes janelas são aliadas na hora de fotografar e filmar as maravilhosas lagoas em meio às dunas. A duração média de um sobrevoo é de meia hora, contando pouso e decolagem. E passa muito rápido! Aproveite cada segundo para não perder nenhuma cena. 

•  O passeio de quadriciclo até caburé é um passeio para o dia inteiro (3 horas só ida) são cerca de 80km ida e volta de muita diversão, passando por trechos de restinga, cerrada, dunas e lagoas dos pequenos lençóis e trecho de praia. Este passeio é feito de quadriciclo em grupo (O guia na frente e os turistas acompanhando atrás), o destino final é a praia de caburé

ORIENTAÇÕES

A portaria ICMBio nº 199/2017 e o Plano de Manejo do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses disciplinam as principais normas de visitação. Essas normas são necessárias para garantir a segurança do visitante e dos ambientes protegidos, portanto, siga sempre as orientações dos condutores de visitantes e a sinalização. Abaixo listamos as principais informações para quem pretende visitar o Parque Nacional:


• Os serviços de transporte e condução de visitantes devem ser realizados por veículos, condutores de veículos e condutores de visitantes credenciados. Para evitar problemas, observe se o veículo está adesivado com a logomarca do Parque Nacional e número de credenciamento e se os condutores portam os crachás de identificação.
• Não é permitido o transporte de visitantes ou a realização de passeios com veículos particulares. 
• É proibido a venda, porte e consumo de bebidas alcoólicas e drogas ilícitas no Parque Nacional.
• É proibido o trânsito de veículo motorizado sobre o campo de dunas livre.
• É proibido fazer fogueiras, ascender churrasqueiras ou fogareiro.

• É proibido a entrada de animais domésticos. 

• É proibido entrar no Parque Nacional em quadriciclos, motos, bugres, bem como realizar enduros e/ou rallys.


Infrações a essas normas sujeitam o visitante e os prestadores de serviço a multas, de acordo com o decreto 6.514/08 e a lei de crimes ambientais (9.605/98).

ATENÇÃO:

• Planejamento é fundamental

• Você é responsável por sua segurança

• Traga seu lixo de volta

• Deixe cada coisa em seu lugar

• Proibido fazer fogueiras

• Respeite os animais e as plantas

• Seja cortês com os outros visitantes e com a população local